Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Compactação do solo: uma preocupação constante dos agricultores – entenda como minimizar esse problema

1 mês atrás - por:

A demanda de produtividade em alta escala aliada a uma exigência de qualidade ainda maior pode destacar um fator que impacta diretamente no rendimento da safra na hora de entregar a colheita: a compactação causada no solo. Esta, geralmente ocorre pela entrada sucessivas do maquinário para realizar a aplicação de corretivos, semeadura, aplicação de fertilizantes sólidos, aplicação de fertilizantes foliares, pulverização de herbicidas, fungicidas, inseticidas e a colheita, em condições de alta umidade no solo.

Para o agricultor, os custos de produção já são altos e contabilizam horas de trabalho do maquinário, mão de obra, combustível, insumos e fertilizantes. Para cobrir esses e outros custos é necessário que o produtor ganhe em lucratividade e não diminua o potencial de sua lavoura com o solo compactado.

Para o problema da compactação do solo, o recomendável já é clichê: realizar a prevenção, acompanhando de perto o estado físico do solo, através de análises que detectem os primeiros sinais de compactação utilizando penetrômetro e avaliação visual do sistema radicular, praticar a rotação de culturas, priorizar sistemas de culturas que agregam matéria orgânica ao solo, racionalizar o uso do maquinário reduzindo o número de entradas das máquinas no campo e utilizar esses somente em condições adequadas de umidade do solo.

A utilização de medidores de compactação do solo já é uma ferramenta difundida na Agricultura de Precisão e a AgroPrecision investiu nesse equipamento para agregar aos seus serviços o mapeamento localizado do adensamento do solo, fornecendo informações para os agricultores de quais medidas podem ser adotadas conforme o adensamento de cada local.

Aliado a isso, os pneus de alta flutuação empregados no maquinário da AgroPrecision traduzem o cuidado da empresa para com o solo, as plantas e o agricultor; este que planeja uma boa safra, com alta rentabilidade e despesas menores. A utilização desses pneus, promovem um menor efeito de adensamento sobre o solo no momento da aplicação de insumos e fertilizantes, auxiliando para que as plantas sigam se desenvolvendo de forma saudável e o solo não seja prejudicado em decorrência do peso das máquinas.

 

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post