Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Como a AP pode auxiliar na redução dos custos fixos da lavoura

2 anos atrás - por:

A Agricultura de Precisão (AP) é uma das ferramentas que mais beneficia o agricultor, isso, em virtude da sua tecnologia avançada, que alia um sistema de dados com o monitoramento de cada área da lavoura.

Essa técnica já é utilizada por vários agricultores, no entanto, antes dos mesmos conhecerem ou a utilizarem pela primeira vez, a dúvida recorrente é quanto de custos a AP ajuda a minimizar. Um exemplo muito simples é quando em uma lavoura é preciso aplicar uma quantidade de fixa de fertilizantes ou corretivos, etc., no entanto, cada subárea já fora mapeada e diagnosticada com um bom nível de fertilidade do solo, assim, essa quantidade de produto já poderá ser controlada a ser aplicada naquela área em questão, diminuindo os custos em produtos e mão de obra e diluindo o custo fixo.

Outra forma de se reduzir custos com a AP é utilizar, por exemplo, piloto automático nos equipamentos agrícolas, fazendo com que o equipamento sempre seja otimizado, ou seja, ele sempre irá andar na largura de trabalho própria e no melhor sentido de trânsito possível.

Além disso, atualmente, há a possibilidade de otimizar a AP nos pulverizadores e semeadoras, com um sistema de desligamento de sessão, conforme o equipamento se desloca, ao chegar nas cabeceiras, a máquina vem se desligando na área já aplicada, ou seja, desliga linha a linha, não havendo sobreposição, diminuído os gastos com adubo, sementes, fitossanitários e aumentando a produtividade e lucratividade.

O Engenheiro Agrônomo, Rodrigo Rossato, explica que quando se faz a Agricultura de Precisão de modo geral, teoricamente, sempre aumenta a produtividade, e, se aumenta a produtividade, diminui os custos fixos, porque se dilui esses custos em uma produção maior.  

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post