Fique por dentro das novidades!

Eventos

Cinco anos de conscientização sobre o Dia Mundial do Solo

10 meses atrás - por:

O solo é um elemento de extrema relevância do ecossistema terrestre, pois, além de ser o principal substrato utilizado pelas plantas para o seu crescimento e disseminação fornece água, ar e nutrientes, exerce, também, multiplicidade de funções como regulação de distribuição, escoamento e infiltração da água da chuva e de irrigação, além de armazenamento e ciclagem de nutriente para as plantas e outros elementos, ação filtrante e protetora da qualidade da água e do ar.

Com o objetivo de marcar toda a relevância do solo para a sociedade, em 2002 a IUSS – União Internacional de Ciências do Solo criou o Dia Mundial do Solo, que só foi oficializado em 2013 com a aprovação da Resolução nº 68/232 na Assembleia Geral das Nações Unidas, que passou a comemorá-lo no dia cinco de dezembro.

O solo exerce um papel importantíssimo para diversas demandas, mas para a agricultura ganha destaque pelas suas atribuições. Por este motivo, anualmente, diversas organizações promovem ações a fim de discutir alternativas para minimizar problemas nas lavouras de agricultores, tentando sensibilizá-los sobre o cuidado correto com o solo. Um dos maiores cuidados que o agricultor precisa tomar com o solo é em relação a sua conservação, preservando a sua fertilidade química, física e biológica. A parte química já está sendo amplamente discutida e utilizada com as ferramentas de mapeamento do solo e aplicação em taxa variada.

No compartimento físico, o principal fator prejudicial é a compactação (adensamento) esta, é difícil de ser medida e muitas vezes o agricultor fica apenas com a impressão de que o solo está duro na superfície; desta forma é indicado que o mesmo faça uma avaliação deste adensamento do solo utilizando instrumentos de medição. Para quem trabalha com agricultura de precisão, é possível também gerar mapas de compactação do solo para comparar com outros mapas da área, como os de produtividade e fertilidade.
Um solo compactado causa prejuízos na produtividade das plantas em decorrência da diminuição no crescimento das raízes em profundidade, fazendo com que a planta não sobreviva a curtos períodos de seca; quando houver acúmulo de água na superfície do solo impossibilitando a respiração das raízes e favorecendo o processo de erosão hídrica do mesmo.

A conservação biológica do solo deve ser promovida por estratégias de aumento de matéria orgânica do mesmo, associadas a alta produção de matéria seca com a utilização de rotação de culturas, fazendo com que o solo ganhe mais ‘vida’ e assim todos os processos influenciados pelo macro, meso e micro-organismos funcionem a pleno com o objetivo de aumentar a estabilidade produtiva do mesmo.

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post