Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Soja transgênica e seus benefícios para os agricultores

2 meses atrás - por:

O Brasil é o segundo maior produtor de alimentos transgênicos do mundo adotando quatro principais culturas: soja, milho, algodão e a cana-de-açúcar, sendo que destas, a soja transgênica ocupa um espaço de 96,5% de toda a área plantada.

Historicamente a primeira soja transgênica foi criada em 1995 nos Estados Unidos, modificada geneticamente para apresentar tolerância ao herbicida Glifosato. Após passar por diversas pesquisas e testes de biossegurança, a soja transgênica foi autorizada para plantio, chegando aos campos no ano seguinte.

Há mais de duas décadas essa tecnologia chegou ao Brasil e revoluciona a agricultura, tornando-se o primeiro cultivo transgênico adotado por agricultores do país. Essa soja transgênica é conhecida como Roundup Ready (ou RR).

No caso específico da soja, a transgênica nada mais é do que o grão geneticamente modificado pela inserção de um gene de outro organismo com o objetivo de que a planta cresça e passe a ter características que a convencional não tinha. As principais características que foram inseridas nas variedades de soja geneticamente modificadas no Brasil são a tolerância a herbicidas e resistência a insetos, com a variedade conhecida como Bt.

Não foi só no campo que a soja transgênica revolucionou a agricultura pois os reflexos positivos são sentidos até hoje de forma eminente na economia. A produção do grão supre o mercado brasileiro e exterior, bem como o beneficiamento como o farelo e o óleo utilizados pela indústria alimentícia. Desde que as variedades de soja geneticamente modificadas foram implantadas as exportações da oleaginosa tiveram um aumento significativo.

As vantagens de produzir soja transgênica também aparecem na forma de benefícios financeiros diretos para o agricultor. Pesquisas analisadas pelo Ministério da Indústria, Comércio, Exterior e Serviços, apontam para uma maior margem produtiva das sementes geneticamente modificadas. Isso porque com a soja transgênica o agricultor consegue melhorar a eficiência de controle da infestação de pragas na lavoura. Ao longo das últimas duas décadas, o lucro obtido por hectare de soja transgênica foi até 26% superior ao da variedade convencional.

*Fonte: Conselho de Informações sobre Biotecnologia.

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post