Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Lavoura de soja: como a densidade e a qualidade da semeadura afetam a produtividade

2 semanas atrás - por:

No Brasil, a soja é a cultura com maior movimentação econômica do agronegócio e o sucesso atribuído à cultura encontra-se dentro de suas múltiplas aplicações. A soja pode ser usada em produtos alimentares, como óleo vegetal comestível, biocombustíveis e, sobretudo, o seu farelo pode ser usado como fonte de proteína em rações animais.

Atualmente, as sementes são um item de importante investimento de uma lavoura de soja, fazendo com que se torne cada vez mais relevante o uso de sementes de boa qualidade, aliada a qualidade de semeadura em adequada umidade do solo e a regulagem correta das semeadoras, a fim de otimizar o uso desse investimento.

Na implantação da lavoura, o número de sementes depositadas no solo configura a densidade de semeadura e, seguir as recomendações para a cultivar a ser implantada é de máxima relevância. Caso haja variação na densidade podem ocorrer alterações na morfologia da planta, interferindo diretamente na sua arquitetura, nos componentes do rendimento e, consequentemente, no rendimento de grãos.

A alta densidade de plantas da soja normalmente diminui a emissão de ramos laterais, aumenta a estatura de planta, diminui o número de vagens por planta e pode favorecer o acamamento em muitas cultivares. Já em baixa densidade, as plantas de soja tendem a emitir maior quantidade de ramos e formar hastes mais robustas, aumentando o número de vagens por planta. Com isso, pode haver compensação da menor quantidade de indivíduos por área pela maior produção por planta.

A temperatura do ambiente é o mais importante fator que regula a germinação e o crescimento da plântula, além da disponibilidade hídrica. Dentro de determinados limites, a velocidade de emergência aumenta com o incremento de temperatura e umidade, sendo que a germinação, o crescimento e a diferenciação da plântula são favorecidos pelas flutuações entre as temperaturas diurna e noturna. A disponibilidade de água é extremamente importante para promover germinação, crescimento inicial de raízes e elongação de tecidos vegetais, e esses fatores são altamente influenciados pelo potencial matricial de água no solo, textura e área de contato entre solo e semente.

A observação de vários fatores ligados a semente da soja são influenciadores e fazem a diferença no resultado final da safra pois causam um impacto sobre o desempenho agronômico da cultura.

A AgroPrecision realiza estudos e pesquisas em sua área experimental com o objetivo de entregar resultados mais assertivos para os seus clientes e obter informações mais precisas que auxiliem o agricultor na tomada de decisões sobre processos, ferramentas e formas de manejo que devem ser realizados na lavoura. Desta forma são obtidos dados concretos que podem ser aplicados com a qualidade e confiança da agricultura de precisão aliado ao conhecimento da realidade local.

*Fonte: artigo escrito por Patrícia Ferreira Dias: https://goo.gl/F3AQ1W

 

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post