Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Como a pulverização inteligente gera economia nas lavouras?

4 meses atrás - por:

Apesar da tendência do aumento na demanda mundial por alimentos e energia, o produtor rural precisa cada vez mais ser competitivo. Neste cenário, o tratamento fitossanitário demanda mais eficiência. Reduzir a quantidade de litros aplicados por hectare, diminuir perdas por deriva durante a pulverização e aumentar a capacidade operacional de pulverizadores, ou seja, seu rendimento em hectares tratados por hora, são as metas desejadas por todos os agricultores.

Ainda que hajam constantes investimentos em novas máquinas, atingir tais metas com o atual portfólio brasileiro de pulverizadores exige muito mais da capacitação, do treinamento e de um elementar conhecimento teórico e prático do operador em tecnologia de aplicação do que da própria tecnologia embarcada nos pulverizadores.

A proposta dos pulverizadores inteligentes, nome que advém do termo em inglês “smart sprayers”, que consiste no uso de tecnologias sensitivas para detecção de plantas invasoras ou parcelas com danos causados por pragas e/ou doenças e sua pulverização localizada em tempo real, o que não acontece com as pulverizações tradicionais.

Esta técnica caracteriza-se pela correta aplicação do produto na quantidade requerida, de forma econômica e com o mínimo de contaminação humana e ambiental. Logo, estes pulverizadores representam uma modalidade de intervenção fitossanitária mais sustentável, sendo uma solução para o uso excessivo de herbicidas, fungicidas, acaricidas e inseticidas na agricultura e, consequentemente, seus impactos ambientais.

Seus principais benefícios, são: evitar o desperdício em pontos de baixa área foliar com alta dose e maior risco de deriva; aumentar a eficiência de tratamentos fitossanitários em locais de alto índice de área foliar; economizar na aplicação em áreas desnecessárias; arquivos de recomendação para todos os equipamentos do mercado.

Levando em consideração todos esses aspectos, através do uso desta ferramenta, o produtor consegue aliar a economia com diversos outros fatores, como a preservação do meio ambiente, algo que é fundamental, pois cada tipo de produto aplicado requer cuidados específicos para utilização. Na aplicação dos herbicidas, por exemplo, há o risco de deriva durante a pulverização e intoxicação de lavouras vizinhas. Assim, tecnologias que impactem na qualidade da aplicação serão sempre importantes para que a pulverização inteligente seja eficiente.

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post