Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

Agricultura digital: uma importante aliada para obter o aumento da rentabilidade das lavouras

3 meses atrás - por:

A agricultura digital é um conjunto de ferramentas e tecnologias que possibilitam ao agricultor conhecer toda a área para cultivo de maneira mais completa, obtendo assim, uma análise de dados precisas, aumentando o rentabilidade das propriedades rurais. Esse tipo de agricultura pode ser composta por um sistema de gerenciamento agrícola baseado na variabilidade espacial e temporal da unidade produtiva, com a análise de dados, se permite uma exploração mais racional dos sistemas de produção, por meio da otimização do uso de insumos, aumento da lucratividade e da sustentabilidade, minimizando os impactos ambientais.

Consequentemente, com esta tecnologia, torna-se possível a disponibilização de grande quantidade de dados específicos da cultura, que podem subsidiar a tomada de decisões e reduzir a incerteza do negócio. Este é um diferencial importante para garantir a competitividade e sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

Os benefícios da agricultura digital para o agricultor são incalculáveis, e entre elas, estão: controle total sobre cada etapa da produção, maior rendimento e produtividade, menos custos, mais segurança na tomada de decisões, além de um maior aproveitamento do solo e dos insumos.

Mas para que isso ocorra, é preciso utilizar estratégias, das quais, possam trazer resultados reais, como, o mapeamento da fertilidade do solo. Sendo uma prática que considera a variabilidade dos nutrientes do solo. O processo de amostragem é iniciado com o contorno da área, tendo o auxílio de um GPS acoplado em um quadriciclo e operado por um técnico agrícola qualificado para a função. Na sequência, acontecem as coletas das amostras, respeitando o número de subamostras necessárias para representar a fertilidade de cada local. Após esses processos, as amostras são encaminhadas ao laboratório.

Através da coleta georreferenciada é possível criar mapas de fertilidade química. E, por meio destes dados, são fornecidas informações básicas para a tomada de decisão, tendo em vista que é possível verificar cada área, passando a corrigir deficiências e excessos de nutrientes por localidade.

O conhecimento da variabilidade espacial é fundamental para que se possa descrever e compreender o comportamento de determinados atributos do solo, já que a elevação ou manutenção de um cultivo depende, dentre outros fatores, da disponibilidade de nutrientes, para o desenvolvimento da cultura, assim como de uma reserva nutricional. Com os processos realizados, é visado a racionalização do uso de insumos, energia e, consequentemente, a otimização financeira.

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post