Fique por dentro das novidades!

Agronegócio

A importância do planejamento para garantir a produtividade em 2018

2 anos atrás - por:

Com o início de um novo ano, é preciso que os agricultores possam planejar de forma estratégica as ações que envolvam a semeadura das culturas de inverno, evitando assim, problemas futuros e tendo mais tempo para uma correta tomada de decisão.

Todo planejamento de semeadura das culturas antecessoras, irá refletir na implantação da cultura principal posteriormente. Por exemplo, se for semeado trigo no inverno, sabe-se que o plantio da soja irá acontecer tardiamente e será necessário escolher as variedades que se adaptam a este período de semeadura.

Existem seis passos que podem ser seguidos para que o processo de planejamento seja realizado corretamente:

1. Escolher sementes de fornecedores confiáveis e de preferência conhecer os campos de produção (para evitar de trazer sementes de plantas daninhas para sua área);

2. Enviar uma ou mais amostras de sementes para o laboratório de análise;

3. Avaliar o peso de mil sementes para uma correta regulagem no processo de semeadura;

4. Fazer o tratamento de sementes com fungicidas e inseticidas indicados pelo agrônomo ou técnico responsável pela área;

5. Verificar a qualidade física da semente que está comprando;

6. Através de análises de solo, verificar as correções e adubações necessárias a serem feitas nesse período e conforme cada cultura.

A partir do planejamento antecipado é possível estimar a necessidade total de sementes que serão utilizadas em cada área, quais culturas serão semeadas e quais os objetivos da utilização desta semeadura (por exemplo o objetivo será para pastagem, etc.).

Geralmente os objetivos para a semeadura de inverno devem ser traçados pensando nas culturas sucessoras que serão as de verão, geralmente de valor econômico mais importante. Se o produtor quiser semear milho no verão, ele irá optar por semear uma cultura que beneficie este com cobertura de solo, produção de matéria seca, ciclagem de nutrientes e fornecimento de nitrogênio, se a cultura de verão for a soja, os objetivos mudam e assim por diante.

Portanto o planejamento antecipado com objetivos específicos irá trazer estes e inúmeros benefícios na produtividade e rentabilidade das culturas envolvidas e no ambiente como um todo.

Por:
AgroPrecision
Posts do autor

Comentários sobre este post